Quando descobri o que sou para Deus, a opinião da oposição a meu respeito, perdeu o efeito;quando me conscientizei do que Deus é para mim, dispensei intermediários...

EstherRogessi Estruturando Vida Através das Letras

"Há sempre uma razão de ser em cada amanhecer".

Áudios

Coisas da Vida
Data: 04/06/2011
Créditos:
Conto:Coisas da vida/Autoria:EstherRogessi/Voz:EstherRogessi/
Música:Edelweiss
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


COISAS DA VIDA
 

 

COISAS DA VIDA

 

 

          Sentei-me à sombra de uma frondosa árvore. o vento veio mansinho me acariciar o rosto; fechei os olhos, levantei a cabeça e  o convidei a permanecer, a  se alongar, naquela carícia suave.  Ah! Como ele sabia fazê-la... Os meus cabelos subiam e desciam, num bailar como se fossem   pipas soltas ao vento... Nesse momento, docemente, comecei a balançar a minha cabeça  para um lado e para o outro, fronte erguida, alma agradecida.

          Ouvi o canto dos pássaros, eu sorvia  a natureza... Um pássaro voou baixinho, em minha direção, fiquei estática, prendi à respiração. Chegou dando pulinhos graciosos, até aos meus pés;  só os meus olhos  se moviam.  Eu, não queria  perder  nada daquele momento gracioso e singelo.

Foi assim,  por momentos.

Um  grupo de crianças se aproximou, gritando, sorrindo, pulando, correndo... O viço da vida em ação.

Observei um garotinho  eufórico  e sorridente,  que  gesticulava e falava  muito alto... feliz, agarrado ao pescoço, do seu pai com o corpinho esticado sobre as suas costas.  

O jovem pai o segurava pelos braços e  se fazia igualmente criança. O pequeno gargalhava  e falava alto: – Como você é forte, pai! Vai até a jaqueira... vai pai!

 O jovem  pai o satisfazia com alegria.

                   Lembrei-me do meu vizinho:  Sr. Elias,  morador de um dos apartamentos do primeiro andar, do prédio em que moramos. Vítima  de paralisia  nos seus membros inferiores.

Certa vez, ao chegar  ao nosso prédio  presenciei algo, que ficou forte em mim:  O Sr. Elias acabara de  chegar com o seu filho da terapia. Ao retirá-lo do carro, Kleber, o filho do Sr. Elias, o carregou às costas,  da mesma forma que o pai daquela criança tinha feito... O elevador estava em manutenção.

Ouvi o homem falar para o filho, chorando:  – “Antes eu te carregava às costas, filho...   Hoje, tu o fazes!



EstherRogessi, COISAS DA VIDA. 11/05/10.


Licença Creative Commons
O trabalho Coisas da vida de EstherRogessi foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Enviado por EstherRogessi em 11/05/2010

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
"O ARTISTA CRIA NÃO SI APROPRIA" RESPEITE O DIREITO AUTORAL LEI 9.610/98