Quando descobri o que sou para Deus, a opinião da oposição a meu respeito, perdeu o efeito;quando me conscientizei do que Deus é para mim, dispensei intermediários...

EstherRogessi Estruturando Vida Através das Letras

"Há sempre uma razão de ser em cada amanhecer".

Áudios

FRONTEIRAS
Data: 17/09/2012
Créditos:
Texto: Fronteiras
Autoria: EstherRogessi
Edição de Som: Esther Rogessi
Voz: EstherRogessi
Fundo Musical: Tema de Película - Dança com lobos
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.




Esse é um tema bastante abrangente. Podemos dar asas a imaginação. O sentido etimológico da palavra a define por ponto determinante de um ‘limite’. É a pedra, o ponto, onde sabemos começar e/ou terminar uma área, quer seja em terra, mar, ou ar.

Objetiva os nossos direitos, trazendo para cada um de nós, a conscientização de que não somos únicos e não estamos sós no planeta. Ele não gira exclusivamente e nem isoladamente para um, ou alguns, porém, para todos.

Ela é precisa, determinante! No entanto, é também... ponto de unificação. Temos que acatar a verdade concreta – demarcada por uma pedra, cerca, muralha etc., visível e silente, até o momento de sua ultrapassagem sem aviso prévio e/ou a sua devida licença – , de que o nosso direito termina onde começa o do próximo.

Em se tratando, de forma pertinente, sobre ‘Literatura Virtual’ façamos uma analogia sobre a temática em questão: ’Fronteiras!
Verdade é que, se fala muito sobre liberdade de expressão escrita e, questionamentos outros, pertinentes ao já exposto.
Poetas, escritores e aspirantes, desejam a liberdade de se expressarem, sem que venham a ser constrangidos, pela imaturidade e até, distúrbios psíquicos, de alguns que, se dizem escritores,  poetas, mas não se dispõem a aceitarem ideias, ideologias e /ou posicionamentos, sobre temáticas  múltiplas contrárias as suas, crendo estarem sendo ofendidos, ao se identificarem com as tais.Temos que sabermos respeitar o direito de expressão do próximo; respeitar às fronteiras visíveis e invisíveis; sabermos até aonde podemos ir.
As diferenças existentes em cada um de nós é que fazem o mundo mais belo.


EstherRogessi.Escritora.UBE.Mat.3063.
Artigo:Fronteiras. Tema do Mês em: 'Duelos Literários' Categoria: Narrativa.03/01/2010
Enviado por EstherRogessi em 04/01/2010

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
"O ARTISTA CRIA NÃO SI APROPRIA" RESPEITE O DIREITO AUTORAL LEI 9.610/98