Quando descobri o que sou para Deus, a opinião da oposição a meu respeito, perdeu o efeito;quando me conscientizei do que Deus é para mim, dispensei intermediários...

EstherRogessi Estruturando Vida Através das Letras

"Há sempre uma razão de ser em cada amanhecer".

Textos

 
FRED, O SAPO ATLETA.




FRED, O SAPO ATLETA.
FÁBULA
 
Fred era muito vaidoso.  Costumava contar  vantagens de suas vitórias.
É certo, que vez por outra... ganhava algumas competições. 
Naquela manhã de verão estava  ansioso, para  treinar  o seu esporte favorito: Natação. 
Queria se preparar para  o  “Grande Prêmio,” categoria: Nado livre. Porém, esqueceu-se  que a ansiedade costuma pregar peças. O seu treino seria à tarde,  mas, as seis e trinta, daquele belo domingo, lá estava Fred,  esperando o seu treinador. 
Ele, não admitiu o seu engano, quanto ao horário. Zangado, cabisbaixo e maldizente sentou-se  à margem do riacho... Então, apareceu Kelly a perereca mais linda do pedaço, vestindo um lindo biquíni de bolinhas vermelhas.  Zico, o seu irmãozinho, a acompanhava.
Fred era apaixonado por Kelly, que o esnobava e fazia o seu coração  bater forte.
Logo, o humor do sapo atleta mudou. A zanga deu lugar ao sorriso.  Inflou os seus peitos  e caminhou, até a sua amada, na tentativa de parecer mais forte... Pensava: – Deus é Pai! Agora, entendo o porquê de eu ter feito confusão, com o horário do treino!
Perguntou à Kelly: – Vamos nadar um pouco? Respondeu-lhe a perereca:
– Não! Não estou afim, quero ficar ao sol... Vá nadar com o meu irmãozinho, ele precisa aprender.
Fred pensou: –  Essa é uma boa oportunidade de eu mostrar  a minha competência... Quem sabe se a conquistarei, sendo bonzinho com o Zico?
Adiantou-se para  satisfazê-la  e eufórico,  chamou o sapinho: –Vamos nadar garoto, a água nos espera!
Fred dava cambalhotas na água, mergulhava e reaparecia longe do Zico, que flutuava com o colete salva-vidas. Tudo, para atrair à   atenção da “sexy perereca”.
Vez por outra,  lembrava-se  do Zico e lhe ensinava umas braçadinhas. 
Sem esperar... Apareceu uma “surucucu”, enorme  e robusta...  O atleta, Top, esqueceu tudo.  Largou o Zico pulando,  sobre a água, aos gritos, enquanto o Zico subiu no lombo da surucucu e ela nadou, graciosamente, até à margem do lago, deixando-o em segurança.
Enquanto isso, Fred, tremendo, escondeu-se envergonhado, por trás de kelly que, decepcionada,  maneou a cabeça e falou: – Ah! Fred... Quando pensamos ter um amigo ao nosso lado, nos surpreendemos com quem julgamos ser nosso inimigo!


 

 
 Categoria:  Fábula    
Licença Creative Commons         
O trabalho: FRED, O SAPO ATLETA, está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.                                                                                      
EstherRogessi
Enviado por EstherRogessi em 12/03/2018
Alterado em 15/05/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
"O ARTISTA CRIA NÃO SI APROPRIA" RESPEITE O DIREITO AUTORAL LEI 9.610/98